Tk3az7pk39yhz2bvyfxn

"Eu me dediquei a retratar, através de águas-fortes, a realidade da sociedade carioca do século XVII."

Jean-Baptiste DEBRET

Artista francês, desenhista e pintor nascido em 1768 e morto em 1848, Debret viveu no Rio de Janeiro de 1816 a 1831. Durante essa experiência, ele participou da criação da Academia das Belas Artes no Rio de Janeiro e desenvolveu um trabalho visando ilustrar o cotidiano e os costumes da sociedade brasileira. Essa obra iconográfica é reunida em um livro chamado "Voyage pittoresque et historique au Brésil" (Viagem pitoresca e histórica no Brasil), que reúne mais de 153 águas-fortes e gravuras realizadas entre 1820 e 1831. Foi um artista consagrado no Brasil, com um olhar crítico desenvolvido nas suas artes sobre temas como a escravidão e o colonialismo. Até hoje suas obras são consideradas de grande contribuição e são frequentemente citadas por historiadores como uma representação fiel do cotidiano da sociedade brasileira na época com suas deficiências.

Galeria do Artista